NACARATO | Dr. Paulo Mello Freire Nacarato

RT- Paulo Mello Freire Nacarato
CROSP-36130
CROCL 9597
Clínica Geral


Telefone: 11 3062.2443





Próteses Dentárias


O que é prótese dentária?


Prótese dentária é o artefato que substitui total ou parcialmente o dente natural quando não é possível restaurar o mesmo com resina composta, ou quando um ou mais dentes foram perdidos. O seu principal objetivo é a reabilitação bucal, restabelecendo as funções estética, fonética e mastigatória.

As próteses podem ser unitárias, parciais ou totais, sendo apoiadas em dentes naturais, raízes residuais, implantes ou até mesmo sobre a gengiva, quando se trata de dentaduras. Podem ser removíveis ou fixas, isto é, cimentadas sobre os dentes ou implantes. A aplicação de cada tipo de prótese, suas vantagens e desvantagens, indicações e contra-indicações devem ser analisadas pelo cirurgião-dentista e o cliente.

Há riscos de não repor dentes perdidos?


A não reposição de dentes perdidos pode acarretar uma série de problemas como:



Todas as pessoas podem receber próteses dentárias?


A princípio, existem soluções protéticas para várias situações clínicas , e para cada caso há sempre uma ou mais soluções, principalmente levando-se em conta o fator financeiro.

É preciso realizar algum tratamento prévio?


As próteses definitivas devem ser a última etapa em um tratamento de reabilitação oral. Previamente a elas, eliminam-se focos infecciosos, cáries, doenças de gengiva, realizam-se tratamentos ou retratamentos de canal, implantes dentários. É imprescindível que na fase que precede a confecção das próteses definitivas, se realize próteses provisórias em resina (fixas, removíveis ou totais), a fim de proporcionar uma melhora rápida na condição mastigatória e estética do cliente.



Saiba mais sobre próteses dentárias

Quanto tempo demora um tratamento de prótese?


Todo tratamento protético depende diretamente da complexidade de cada caso. Na maioria das vezes consegue-se confeccionar próteses provisórias em uma a quatro sessões, porém as próteses definitivas ficam na dependência de outras especialidades, bem como da assiduidade e comprometimento do cliente com o tratamento.



Existe a possibilidade de sentir desconforto com as próteses?


Tanto as próteses provisórias como as definitivas podem trazer algum desconforto quando de sua instalação, pois a boca possui milhares de terminações nervosas sensitivas. Qualquer alteração, por menor que seja, requer paciência e força de vontade do cliente em se adaptar à nova condição bucal. Nesta fase é fundamental que o profissional realize ajustes diários, semanais e mensais, dependendo do tipo de prótese. Clientes que recebem próteses totais (dentaduras totais) e próteses removíveis a grampos, têm maior dificuldade de adaptação em relação as próteses fixas, principalmente se for a primeira vez que a estiverem recebendo. A capacidade de se adaptar à uma nova condição bucal também varia consideravelmente de indivíduo para indivíduo, sendo que algumas pessoas se adaptam mais facilmente que outras.



Quanto tempo dura um trabalho de prótese?


A durabilidade de um trabalho de prótese depende de vários fatores, e vai desde o correto planejamento do tratamento até os cuidados diários de higiene a serem tomados pelo cliente. Importante ressaltar que, visitas ao consultório de 4 em 4 meses são fundamentais e contribuem para aumentar a longevidade de qualquer tipo de prótese. Nas visitas de rotina e de manutenção preventiva, o dentista consegue verificar e tratar precocemente quaisquer problemas que possam surgir após a conclusão da reabilitação oral.



Os procedimentos de prótese dentária são seguros?


Sim, desde que bem planejados e executados por um profissional especializado no assunto.